terça-feira, 7 de julho de 2009

24h forçadas em Buenos Aires, mais 10h forçadas em Madrid e...

..., finalmente, uma chegada feliz à Benalmádena, esse pueblo blanco em sua plenitude turística! :)
Sim, tive o prazer e o cansaço disso tudo. Primeiro de perder a conexao a Madrid pela Aerolineas Argentinas (o barato que sai caro) mas desfrutar de momentos inigualáveis com grandes e muito amados amigos porteños...
Depois, dar de cara com o verao español e seus superlotados onibus, cheios de imigrantes, legais e ilegais, e ficar mais 10h forçadas em Madrid.

Botei minha mochila numa consigna (sorry, nao lembro mais como se chama o guarda-malas em portugues, hehe!) e fui dormir dignamente na grama do parque de Retiro, que ainda nao conhecia.
A "Redençao" dos madrilenhos é linda mesmo, como vocês podem ver nas fotos...

Juro que tentei me contagiar com a alegria dos madrileños, imigrantes e turistas, mas a jet-leg + muito cansaço + uma TPM (sempre me pega nas piores situaçoes, cacete!) me fizeram aproveitar um pouco mais que 20% desses momentos únicos...ai, ai, ai! :S Que bom que sobraram as imagens e este sol de verao que nao acaba antes das 10h da noite por aqui! :)
Ah, tinha esquecido de dizer...enjoada, tonta, sonolenta, com gosto de cabo de guarda-chuva na boca...EU AMO MADRID!!!!!!!!!!! :) Hombre!, essa cidade me emocioooonaaa!
Finalmente chego à Benalmádena, onde María e Pepe, casal mais fofo do mundo, me esperam com sorrisos estampados no rosto. Eu que pensava que teria que me esforçar pra manter o bom-humor me vejo naturalmente contente ao chegar em...casa! :)
Mais umas horas e estou em meio a um calor seco de 40ºC, o "terral" africano, massa de ar do deserto que atravessa o Mediterrâneo e invade o sul da península. Sobreviventes do verao portoalegrense podem sobreviver a esse clima. Fui premiada! ha! :P
No dia seguinte, sono...mais sono...e um poquito más...nossa, acho que está por existir alguém mais sensível a diferença de fuso horário que eu! Hibernada, cara inchada, um primeiro ensaio e matar a saudade dos queridos músicos de Caradefuego. Javi (o "filósofo flamenco"), Rafa e o cabeça-pensante Miguel Paredes + María Rayo y Pepe Trueno, Caradefuego e eu, fazendo Iberian Noites/Noches acontecer ao vivo pela primeira vez. Nada mal, naaada mal! :D

María, Rafa e Miguel Paredes

María e eu, com um feijaozinho no dente! haha!

E hoje, um merecido dia de praia, minha estréia no Mediterrâneo gelado! Nada, digo, naaada pode ser comparado a um verao no meio de um inverno! Bendito calor africano, bendita água gelada, benditos amigos, bendita música, bendita vida que me traz tudo isso!

Beijos a todos!
Adri

6 comentários:

Juan Trasmonte disse...

Que belezaaaa!!!! Curta muito, compañera,
besos!

textostelona disse...

Apesar disso tudo, que maravilha. Acabei de ver uma interpretação tuya para Sufre como Yo e fiquei extasiado. Quando voltares, vou te ver no Sesc.
Abraço, Luiz Gonzaga
jornalista Correio do Povo

guriasdosóleos disse...

Adriana, boa sorte e muiiiito boa viagem. Um beijo da Glaci Borges. Madri é lindo por demais....apaixonante!!

maria rezende disse...

oi querida, não sabia que cê estava indo tocar com o caradefuego, conheci eles no seu myspace e adorei! boa temporada espanhola!!! eu e rodrigo vamos passar 4 dias em madrid em setembro, e eu mal posso esperar!! beijos, maria

Magali Hochberg disse...

Oi, querida!
Acabei de receber o teu e-mail, e de me ligar que já é julho e já estas aqui pela europa!
Mil desculpas q nunca mais te dei noticias, mas minha vida anda muito maluka aqui em Milano.
Até quando ficas na Espanha?
Se quiser vir pra ca me visitar, tá feito o convite!
Beijos,
Magali Hochberg

Rossana disse...

Adri! Que amor o blog! Que amor as fotinhos! Que delícia ver a carinha da Val!! Beijos Val!! Boa viagem Adri!! Aproveita!! Beijocas da Roca